segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Honrar a ancestralidade com a Deusa Hina no 6 de copas

Universal Goddess Tarot



Às vezes tudo que precisamos é honrar "os mortos".
Enterrar o que se foi, honrar, recordar com amor ... o 6 de copas
representado pelo Deusa Hina nos ensina a seguir em frente 
reverenciando o que  se foi e transformando o presente.

"Grande Deusa da mitologia polinésia assume muitas e variadas formas, como a devi indiana. Era personificação da fertilidade, e era a elas que os polinésios rezavam por saúde e boas colheitas. Nas famosas lendas de Maui dos mil truques é esposa dele, e sacerdotisa da tribo. Em outras é esposa de Tane, ou de Tangaroa, a quem abandonou para viver com a lua.

Em alguns mitos, ela era representada como a primeira mulher na Terra, de cujo ventre nasceram todos os outros seres ou, ainda, como uma mulher de dois rostos, um olhando para frente e outro para trás. A lenda mais conhecida relata o namoro entre Hina (uma mortal) e uma enguia. A comunidade, enfurecida com a aberração, matou a enguia, descobrindo depois que, na verdade, era um deus. Desesperada Hina enterrou a cabeça da enguia e, no dia seguinte, em seu lugar nasceu um lindo coqueiro. 

A mãe de Hina era Navahine, a deusa da serenidade ou a Senhora da Paz, representando a força geradora do Sol. 
Uma deusa complexa, Hina é relacionada a muitos símbolos, sendo uma das mais importantes deusas polinésias. Era representada às vezes como a Grande Mãe da morte, às vezes como deusa lunar ou, ainda, como a rainha guerreira da Ilha das Mulheres."


Hoje pode bater uma saudade,aquele momento nostálgico que pode ser 
gostoso ou de doer o cotovelo rsrs O que importa é tirar proveito da
experiência e amadurecer com isso.

Honre seus ancestrais, honre você mesm@

beijos e bênçãos





Nenhum comentário: